Grisette

Como viram no último post a última cerveja que produzi foi uma Grisette. Como ela ainda não está pronta resolvi contar um pouco porque escolhi esse estilo pouco conhecido e no que me baseei para montar a receita.

A curiosidade pelo estilo apareceu depois de tomar alguns exemplares feitos por algumas cervejarias europeias no meu atual bar favorito (Craftbeer Corner Coeln). As cervejas eram refrescantes, leves, com bom amargor, perceptível aroma e sabor de lúpulo sem ser pronunciado demais e um pouco de acidez ou característica de fermentação lática no sabor. Difícil descrever, mas talvez assim seja melhor, fácil de beber como uma Kölsch, não tão amarga como uma Pilsen, não tão ácida como uma Berliner Weisse, não tão lupulada como uma American Pale Ale e não tão condimentada como uma Saison Belga.

Curiosidade instalada comecei a pesquisar mais sobre origem, perfil sensorial e receitas do estilo. Primeiro a dificuldade pois o estilo não está descrito no BJCP e nem no guia da BA. Segundo o estilo é pouco conhecido até na Bélgica, um dos poucos exemplares comerciais feito na Bélgica é a Grisette Blonde Bio da St Feuillien. Constatados esses fatos recorri ao Google para ver se alguma das fontes conhecidas tinha algo a dizer. Primeiro no blog do Michael Tonsmeire (The Mad Fermentationist) onde achei poucas referências. No livro Farmhouse Ales do Phil Markowski também tinha pouca coisa. Foi aí que achei os ótimos artigos no no blog Hors Catégorie Brewing do Dave Janssen.

What is Grisette?

What is Grisette part II – updated and abridged

Hopping grisette

Categories of Grisette and Grisette Strength

Leitura feita parti para a receita que ficou a seguinte para 12L

1.3kg Pilsen

0.4kg Malte de trigo

0.1kg Trigo em flocos

0.1kg Aveia em Flocos

5g de lúpulo Galena para 60min de fervura

7g cada de Centennial, Cascade e Simcoe para 5min de fervura

Fermento WYeast 3724 Belgian Saison

OG 1034 e 28 IBU

A produção foi feita no dia 24 de julho e a cerveja está fermentando a 21oC desde então. Mesmo hoje mais de 2 semanas depois a densidade ainda está baixando, assim que ela estabilizar devo reduzir a temperatura e adicionar gelatina para decantar o fermento por uma semana.

Depois conto como ficou o resultado provavelmente daqui a 1 mês.