Berlim

Eu amo essa cidade. Ponto. Por diversos motivos me sinto em casa em Berlim. Mesmo ela
tendo mudado tanto nos últimos 20 e poucos anos desde a primeira vez que a visitei (e
morei por 6 meses). E talvez seja essa constante metamorfose, a história em cada esquina
e o povo que mora nela que me fascina. Mas nos últimos anos Berlim também se tornou
quase o epicentro do movimento Craftbeer na Alemanha. Assim como a própria arquitetura da cidade que mescla o antigo com o novo de forma tão simbiótica e harmônica, na cena cervejeira de Berlim coexistem os estilos tradicionais de cerveja e os novos sabores das cervejas inspiradas pelo movimento Craft americano e inglês. E com seu espírito sempre de acolher o diferente, o que vem de fora e incorporar no seu ambiente, o povo de Berlim também acolheu esse movimento e tornou algo seu e único.
Historicamente Berlim, por ser capital do Reino da Prússia nunca foi muito ligada a Baviera até na segunda metade do século 19 no advento da unificação da Alemanha e da
proclamação do então rei da Prússia (Wilhelm I) em Imperador da Alemanha. E por isso as tradições cervejeiras da Baviera (e a própria Rheinheitsgebot) tenham tão pouca influência no estilo mais tradicional de Berlim, a Berliner Weisse. Mas não é sobre o estilo que resolvi escrever e sim a cidade que tem muito a oferecer aqueles que procuram tradição e inovação cervejeira.

Recomendo visitar Berlim final de Julho ou começo de Agosto. Primeiro porque a cidade é muito mais bonita e agradável no verão. Segundo porque acontecem nessa época dois grandes eventos, a Berlin Beer Week (Craft Beer) e o Internationales Berliner Bierfestival.

O Internationales Berliner Bierfestival (http://www.bierfestival-berlin.de/index%20eng.html) é organizado pela Berliner Biermeile e.V. e segue os moldes do Bierbörse onde várias cervejarias tradicionais da Alemanha e alguns outros países montam uma feira aberta em um local da cidade. Um grande Biergarten com várias opções de cervejas tradicionais. Paga-se o que se consome em diversos tamanhos de copo.

Já a Berlin Beer Week (https://www.berlinbeerweek.com/) tem foco no mercado Craft.
Sempre começa em um final de semana com uma festa em um barco percorrendo o rio
Spree com muita cerveja artesanal alemã e importada. Segue pela semana com vários
eventos espalhados pela cidade e costuma terminar no final de semana seguinte com uma outra grande festa que neste ano aconteceu na Stone Brewing em Marienpark. A
programação toda está sempre no site do evento.

Agora se for a Berlim fora dessa época a cidade ainda tem muito a oferecer em termos de
cerveja. Em quase toda a cidade você pode degustar uma tradicional Berliner Kindl Weisse natural ou com xarope de cereja ou Waldmeister, mas o estilo que domina os restaurantes e bares da cidade é o german Pils. A cidade ainda tem restaurantes das bávaras Augustiner e Hofbrauhaus, mas deixe para tomar uma Helles ou Dunkles quando for a Munique.

Para poder experimentar mais o cenário Craft da cidade existem várias opções. Seguem
algumas das que já visitei e recomendo.

BRLO – Cervejaria com tap room e restaurante montada com containers tem ótimas
cervejas produzidas no local como de outras cervejarias da cidade. Cardápio de comida
pequeno mas com ótimas opções para acompanhar as cervejas. Tem tour para visitar a
cervejaria em inglês e alemão quase todos os dias mas é melhor marcar com antecedência.

Heidenpeters – Fica dentro do Markthalle 9 em Kreuzberg. Um mercado revitalizado com
muita comida boa sendo vendida. E as boas cervejas fabricadas subsolo do mercado para
acompanhar

Lemke Brauerei am Hackescher Markt – Brewpub localizado no bairro do Hackescher Markt em baixo da linha do metrô com ótimas opções de cervejas feitas no local e boa comida tradicional alemã.

20160723_1420131500967507825814867.jpg

Hopfenreich – Multi tap bar localizado em Kreuzberg com 15 torneiras de cervejas feitas na cidade e algumas de fora. Ótima opção pela variedade mas não serve comida.

img_20180818_1607216438407137851705425.jpg

Brewdog Berlin Mitte – Bar franqueado da cervejaria Escocesa mas que também serve
algumas cervejas locais com ótimas pizzas para acompanhar.

Mikkeller – Bar bem pequeno da cervejaria cigana dinamarquesa mas com bastante opção para experimentar as cervejas da marca.

Stone Brewing Marienpark & Tap Room em Prenzlauerberg – Em Marienpark fica a
cervejaria e o restaurante que foi inaugurado quase um ano pela cervejaria americana em Berlin. Muita cerveja e comida boa em um ambiente muito bem concebido. O ponto negativo fica na localização de difícil acesso usando o transporte público. Para contornar esse fato a Stone abriu a pouco tempo um Tap Room em Prenzlauerberg.

Existem muitas várias outras opções que ainda não explorei (quem sabe quando voltar a
cidade em Setembro) mas que seguem listadas abaixo.

Muted Horn
IPA Bar
Beereau
The Pier
The Castle Pub
Kaschk
Schoppe Bräu and Tap Room
Herman Belgian bar
Eschenbräu
Hopfen & Malz
Vagabund Brauerei